para nutrir a alma

Em abril o bolo de laranja da Chá com Chita saiu numa matéria do Diário de Pernambuco.

Para pegar a receita é só clicar: http://www.diariodepernambuco.com.br/2009/04/28/diariorevista6_0.asp

 

Gastronomia // Confort food para nutrir a alma

bolo

Fátima Mendonça resgata receitas dos bolos da família no espaço gourmet do Chá com Chita, em Casa Forte

Por: Tatiana Meira // Fotos: Juliana Leitão

Pudim de pão com passas, bolo de chocolate com consistência entre o brownie e a torta, ou bolo de laranja, bem fofinho, com calda quente para acompanhar. Não existem regimes muito restritivos no espaço gourmet da Chá com Chita, misto de loja de roupas e decoração com objetos criativos, que abriu suas portas acolhedoras há pouco mais de um mês, em Casa Forte. Fátima Mendonça, à frente do empreendimento com ambiente colorido, que lembra o universo da personagem Amélie Poulain (a moça altruísta do cinema) ao lado da filha Amanda, estudante de moda e administração, acredita em comida como moeda de troca afetiva. Ela dá bolos de presente aos amigos e fica feliz quando recebe elogios por suas criações. “Comer é algo mágico. Comida não é só feita para nutrir o estômago e sim a alma da gente. O que engorda é o desequilíbrio”, assegura Fátima, formada em enfermagem e praticante de yoga há quatro anos.

Os bolos servidos na Chá com Chita foram resgatadas dos livros de receitas da família de Fátima Mendonça, 50 anos, que guarda suas origens em Brejão, nos arredores de Garanhuns, no Agreste pernambucano. O pudim de pão, por exemplo, Fátima fez as primeiras vezes morrendo de medo das reprimendas da mãe, Dona Lela, 81 anos, que de vez em quando aparece na loja para dar pitaco na cozinha. “Vamos ter coisas industrializadas também, mas o forte é este resgate do café ou chá com bolo de verdade, feito com manteiga de boa qualidade, sem aquele exagero de gordura hidrogenada das tortas”, opina a quituteira, acrescentando que também vai colocar bolo de milho e cuscuz recheado no cardápio do local, que abre de segunda a sábado, das 15h às 20h (a loja funciona num horário mais extenso, das 10h às 19h30). O cardápio é puro confort food. Ou seja, pratos que retomam memórias da infância.

O colorido é outro elemento agregador, na filosofia de vida defendida pela enfermeira, que também trabalha no setor de aleitamento materno do Hospital das Clínicas. “A ausência de cor é doença; sem elas as glândulas ficam sem estímulo”, brinca a bem-humorada Fátima, avisando que seu menu ainda não é fixo, mas já tem um campeão de procura: o chá completo, que vem com uma xícara de chá nacional ou café expresso pequeno, somado a uma fatia de bolo do dia, torradas, queijo de copo, geleia, biscoitinhos trazidos de Afogados da Ingazeira e um salgadinho.

ServiçoChá com Chita – 3267-6662
.

Tags:

3 Respostas to “para nutrir a alma”

  1. Ana Cláudia Says:

    O bolo de laranja com calda quente da Chá com chita é maravilhoso, bem como o de milho, os biscoitinhos, os salgadinhos, tudo uma delícia, e o ambiente do chá e da loja é lindo. Queremos ver fotos dos produtos no blog, tudo uma fofura, dá vontade de levar tudo prá casa.

  2. Viviane Says:

    Olá,

    Me chamo Viviane de Holanda, sou designer e atualmente trabalho com acessórios (colares).
    Gostaria de saber se vocês aceitam objetos para expor e serem vendidos na loja e em quais condições.

    Grata
    holannda@hotmail.com

  3. Claudia Says:

    Olá, sou de São paulo e gostaria de saber como faço p comprar os bloquinhos de bolacha, leite e talco?
    se possivel entrar em contato comigo pelo meu e-mail
    Obrigada
    beijos

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: